Razões patologias para sudorese

Razões patológicas para sudorese

Além das causas naturais para suar (nervosismo, exercícios físicos, excesso de calor ambiente, entre outras) também existem razões patológicas que podem representar o significado de sudorese no seu corpo.

Saiba mais do assunto ao prosseguir na leitura e veja como a sudorese pode ser um sintoma das mais diferentes patologias:

Desmaio (síncope vasovagal)

Esta é a forma mais comum de perda de consciência em pessoas saudáveis.

A breve perda de consciência é geralmente precedida por fraqueza, tontura, sudorese e palidez, bem como de uma queda repentina da pressão arterial e da pulsação.

Essa impotência pode ser desencadeada, por exemplo, por estresse emocional, medo e dor. Ligue para o médico de emergência se você perder a consciência por mais de um minuto ou desmaiar com mais frequência.

Queda da pressão arterial ao mudar de posição (desregulação ortostática)

Ao levar algo, deitar ou sentar a pressão arterial pode cair repentinamente. Como resultado há um suor repentino e tontura.

Assobios nos ouvidos, palpitações e náuseas bem como uma breve perda de consciência (síncope ortostática ou desmaio) podem ocorrer.

A mesma coisa se aplica aqui como acima: Se você desmaiar por mais de um minuto ou se tiver mais frequência deve alertar ao médico de emergência!

Arritmia cardíaca

Se o coração bate muito rápido, lentamente ou irregularmente, o paciente pode suar ou ficar roxo no rosto, semelhante à desregulação ortostática. Essas arritmias cardíacas devem ser esclarecidas por um médico!

Insuficiência cardíaca

O aumento de transpiração, palpitações e falta de ar, mesmo com pouco esforço, pode ser causado por insuficiência cardíaca.

Anemia

Assim como a insuficiência cardíaca até o menor esforço físico pode provocar aumento da transpiração, palpitações e falta de ar.

Desnutrição (por exemplo, anorexia nervosa): Se o corpo for insuficientemente suprido com nutrientes mesmo um pouco de esforço desencadeia aumento de transpiração, palpitações e falta de ar.

Doenças reumáticas

As doenças reumáticas, como artrite reumatoide e lúpus eritematoso, podem causar sudorese (principalmente suores noturnos), fadiga ou mau desempenho.

Doenças tumorais

Tumores malignos, como leucemia ou câncer de glândula linfática, frequentemente causam sudorese (especialmente sudorese noturna), fadiga e desempenho reduzido.

Sudorese ou transpiração constante, palpitações e dores de cabeça podem ser causados por tumores raros que produzem hormônios.

Transtorno de ansiedade

Ataques de pânico: Sudorese constante associada às palpitações e dores de cabeça podem ser sinais de um distúrbio de ansiedade ou ataques de pânico.

Síndrome de abstinência (como dependência de drogas)

Suores constantes ou convulsivos com palpitações, dores de cabeça, e, muitas vezes, tremores e nervosismo, por exemplo, ocorrem em alcoólatras se eles não recebem a droga (álcool).

Os mesmos sintomas de abstinência também podem ocorrer em outros pacientes com dependência como viciados em outras drogas nas formais de comprimidos (analgésicos, calmantes, entre outros).

Medicações

Alguns medicamentos podem causar transpiração excessiva como efeito colateral. Exemplos: Betabloqueadores (agentes cardiovasculares), antidepressivos, hormônios da tireoide e preparações de cortisona.